Nova Era O Badulaque - Uma moda com propósito!

September 4, 2019

Hoje dia 2 de setembro de 2019 comemoramos 4 anos de marca.

São 4 anos que eu Pahola, fundadora e quem vos escreve agora, fiz a escolha de ser "dona" do meu próprio tempo, construir um proposito e colocar minhas ideias e pensamentos em prática.

Juro que achava que seria mais fácil. Mas também ,hoje, entendo que tudo tem um caminho a ser percorrido!

Uma marca pessoal sempre tem as historias interligadas. Não tem como falar da marca sem também não falar de quem a criou. Por isso é tão importante comprar de quem faz, por que você compra um produto e incentiva uma historia. Uma troca!

Qualquer escolha que fazemos para construir nossa historia o pacote do bom e ruim sempre vem junto. O bom de ver saindo do papel, de sentir que encontrou seu lugar no mundo, enxergando que é capaz, se sentir livre e a autonomia de fazer as suas escolhas. E sabe o ruim?  é saber que você faz tudo com muito medo, insegurança, desespero, incertezas, instabilidade financeira e vergonha. Para todo mundo, todo mundo que conheço, os sentimento são praticamente os mesmos, o que muda é o simples e encorajador ato de fazer.

Em 2015, com 22 anos quando a O Badulaque nasceu, eu nem me ligava para isso, eu só queria fazer! Atropelando tudo, do jeito que dava, apostando tudo. Foi bom? Foi demais, eu vivi, fui livre, me abri para um novo mundo, enxerguei novas oportunidades me conectei a novas estradas para dar sentido a minha historia e vi o sistema do qual eu não queria fazer parte. Foi ruim? também, me perdi no caminho, não respeitei o tempo das coisas, quebrei a cara muitas vezes, me ferrei com grana e tive que aprender muitas coisas na dor.

Nesses 4 anos de O Badulaque, eu Pahola, vendi minha arte na praia, fui a eventos maravilhosos, conheci muito gente foda, fiz trocas únicas, apareci no Jornal, engravidei, casei, trabalhei barriguda, me conectei ao empreendedorismo materno e suas manas fodas, trabalhei recém parida, cantei mil vezes a dona aranha rindo atoa, senti a transformação que um filho trás, trabalhei com Bento pendurado nas costas, conheci o amor de uma forma única, trabalhei deixando Bento com mamãe, troquei badulaque em cosais de neném, trabalhei com Bento chorando, trabalhei chorando, trabalhei rindo, trabalhei grata... Ufa, tanta coisa! E hoje aqui, pensando em tudo para escrever, sinto o tanto que foi  um processo forte, transformador e gratificante. Que me trouxe o aprendizado do que é a responsabilidade e o meu papel para com ela. Em 2015 ser dona do meu próprio tempo era fazer o que eu queria fazer, em 2019 ser dona do meu próprio tempo é fazer o que eu tenho que fazer para ser o que eu quero ser. 

E lembra que eu disse lá no começo, que tudo tem um caminho a ser percorrido? O meu caminho com a O Badulaque foi muito orgânico, nada era certeza, foi tudo construído. Eu tive que criar, viver, me abrir a possibilidades, ver novos caminhos com o coração, criar propósitos, sentir o amor que eu tanto procurava, ter sensibilidade, me permitir, gerar um novo filho, entender as responsabilidades, ter a consciência que toda ação tem uma reação, saber que tudo acontece quando tem que acontecer, que mulher é foda demais e que sempre fazemos o nosso melhor. Tudo no amor e na dor. Hoje entendo que viver em equilíbrio e viver do meio disso, saber que somos seres cíclicos, e que cada fase tem a sua importância, assim como a Lua, as estações, o nascimento. O importante é não fica parada! É a cada passo tem o seu porque, mesmo que as vezes o passo é não dar o passo? Entende? Sofri, me conectei, chorei, senti o amor, me julguei menor, conheci a liberdade, participei de historias, entendi todo o sistema que não quero fazer parte, quis sair correndo, fui dormir sorrindo de gratidão, achei que todo mundo estava rindo de mim, fui inspiração para pessoas, me senti sozinha, me senti acolhida, me senti fracassada, me senti guerreira. Tudo isso junto! Mas sabe o que acontecia no final das contas? eu sempre continuava... e estamos aqui seguindo juntas, já ha 4 anos, O Badulaque e Pahola. - e mais tantas outras pessoas que caminham junto com a gente.

O número 4 ilustra

 

justamente a simbologia da: Praticidade, espírito construtor, lealdade, organização, disciplina, ordem,franqueza, estabilidade, cautela, trabalho, resistência, confiança, honestidade, amor a tradição. Tudo que eu desejo para o nosso agora, a nossa nova era. Como sempre digo: tudo esta interligado!

E o processo mais importante dessa caminhada foi o entendimento do impacto das nossas escolhas em nós e na nossa mãe Terra.

O que comemos, o que vestimos, o que vemos, o que desejamos, o que incentivamos... O QUE CONSUMIMOS diz muito sobre nós,e do que acreditamos e o que queremos ver florescer.

No começo se manifestando de uma forma acanhada como a procura de um proposito pessoal, hoje tenho a firmeza de dizer que a O Badulaque é a minha materialização pessoal como Pahola de que é possível existir uma moda com proposito vinculada a um trabalho que te faz sentir livre, feliz e grata, tendo a consciência que todos nós somos um, que estamos interligados, e o meu trabalho é a minha semente sendo plantada para um futuro que eu acredito, é a minha forma de colocar sentido a minha caminhada. Sabendo que os frutos a serem colhidos tem amor, tempo e dedicação!

E para comunicar isso de uma forma mais clara a minha mana, artista preferida, feminista, eco designer e mulherão da poha desenhou toda a nossa nova identidade visual com o seu olhar de mulher selvagem e linda.

Bea Lake curitibana, que amo, admiro e levo na vida e coração. Conheci em ocasião proporcionado por O Badulaque e me conectei com o jeito Pahola. Uma troca única, tão leve e forte.  

E como disse para ela: mana gratidão por materializar tudo o que eu sempre quis mas não sabia. 

Agora com a mensagem mais firme e clara dos objetivos da O Badulaque para com o mundo, para com você. 

O Badulaque e Pahola querem te mostrar que é possível, que juntas somos mais fortes, que a caminhada é dura mas colorida e que em momentos difíceis só temos que ver o que podemos tirar de bom. O segredo está sempre no olhar e entender o tempo de cada coisa! 

Viva 4 anos de O Badulaque, viva 4 anos de empreendedorismo, viva 4 anos de erros e acertos, viva 4 anos de descobertas, viva 4 anos de resinificação.... viva 4 anos de crescimentos!

Que continuemos juntas, seguindo para o caminho mais consciente e justo!

Mostrando que da sim para fazer moda limpa.

Obrigada você ai que segue junto com a gente, incentivando e apoiando.

Agora vai me conta, o que achou dessa nova identidade? 

Por aqui é só amor e babação hehee 

 

Please reload

May 4, 2020

April 23, 2019

February 26, 2019

November 14, 2018

December 14, 2017

Please reload

LEIA TAMBÉM:

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Acompanhe a gente:

Loja Aberta

Terça a sexta | 10h ás 19h

Sáb | 10h ás 14h

ou agende seu horário.

Av. 2º Radial, qd 58, lt 21

Setor Pedro Ludovico

O Badulaque

24.507.267/0001-38

Entrega estimada em 5 dias